Para quem não conhece (acreditamos que não seja o seu caso), as peles de bateria são “filmes” que colocamos em cima dos tambores e/ou na parte de baixo deles. Certas peles são essenciais para tirarmos um som agradável da batera, porém, a qualidade da madeira faz uma diferença considerável nessa hora.

Peles de bateria Remo

Principalmente, existem três tipos de peles de bateria:

Peles simples – Apresentam somente um filme, normalmente são transparentes, são usadas mais em tons, surdos e bumbos, porém, também existem nas cores preta e branca

Peles porosas – Apresentam superfície áspera. Acentuam mais o seu brilho, com um som seco, mais controlado, usada por muitos baterista e excelente para quem toca Jazz, Blues, Funk e Samba, mas se encaixa perfeitamente em outros estilos como, Rock, Metal e outros. A grande maioria utiliza na caixa, por ajudar a rufar com mais facilidade e ser perfeita para o uso da baqueta vassourinha.

Peles hidráulicas – São peles que apresentam dois “filmes”. Posuem um som mais prolongado. São mais adequadas para gravações em estúdio, não importando se são porosas ou simples.

Para complementar, sabemos que a afinação é um assunto muito delicado e abrangente, por isso confira essa dica para que você possa tirar o melhor som do seu bumbo: Aprenda a afinar o bumbo corretamente.

CONTEÚDO VIP

COMPARTILHAR
Leonardo Telles
Proprietário do site Som Batera e baterista profissional, descobriu sua paixão pela música muito novo, aos 6 anos de idade. Hoje, toca com vários músicos e partilha conhecimentos por meio do Som Batera.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA