Tempo. Esse é o maior aliado de todos os músicos que precisam se aperfeiçoar em algum instrumento musical; não pense nele como sendo um inimigo. Tentar organizar seus estudos de bateria ou qualquer outro instrumento para tornar uma rotina pode parecer muito difícil, e em muitos casos quase impossível de ser feito.

Pela correria do dia a dia, normalmente com o trabalho, faculdade, família e amigos, nós nos esquecemos do que também é importante, praticar bateria, praticar música em geral. E o que muitos desconsideram, sendo um dos fatores mais importantes dentro do aprendizado musical, é o ESFORÇO! É isso mesmo! Não existe perfeição sem esforço. Nós já sabemos que não somos perfeitos, mas precisamos chegar o mais próximo possível dessa realidade.

Organizar seus estudos de bateria
Fonte: Drum Lessons

O aprendizado da bateria pode ser algo muito natural ou extremamente complexo, dependendo apenas do que se está procurando estudar. Não precisamos ficar vidrados apenas com as técnicas, saber os nomes e as aplicações de todas elas, isso não é muito saudável. Mas fique sabendo que a técnica é a ferramenta principal na hora em que o baterista precisa expressar suas ideias. Então, pelo menos as principais nós precisamos estar familiarizados.

Em alguns minutos você consegue organizar seus estudos de bateria

Tenha em mente que o fator principal para o estudo da bateria é a periodicidade. Não adianta estudar 5 horas em apenas um dia e no restante da semana não estudar absolutamente nada. Se você não possui muito tempo sobrando, tente separar 30 minutos, 45 minutos, 1 hora ou até mais se possível, para estudar diariamente. Você conseguirá mais resultados e eles aparecerão mais rapidamente.

Escolha um horário em que você tenha tranquilidade e um local bem aconchegante e que ninguém te incomode, ou pelo menos, incomode menos. Aconselho a estudar no período da manhã, pois a mente está mais tranquila e menos preocupada com os assuntos cotidianos.

O que estudar?

Todos nós temos preferência por algum estilo musical, isso é fato! Lembra daquele groove que você gosta muito de tocar? Então, use-o! Mas, para isso utilize um metrônomo, isso é de suma importância. Inicie em um andamento razoável, não comece rápido, vá aumentando a velocidade gradativamente. Praticando uma levada simples acompanhada de um metrônomo, você estará se acostumando ao tempo, e aperfeiçoando sua técnica.

Alguns Rudimentos como Paradiddles (um dos mais importantes), Flams, Single Strokes (toque simples), Double Strokes (toques duplos), exercícios para bumbo, ritmos brasileiros e internacionais, são os essenciais para o início. Esses são apenas alguns exemplos dos muitos que você pode utilizar nos estudos de bateria, e com o tempo de aprendizado e pesquisas você irá conhecer e aprender muito mais.

Confira neste vídeo Eduardo Neto ensinando alguns exemplos de Rudimentos, principalmente os Flams, dando dicas básicas, mas muito importantes.

Onde praticar?

Se, por acaso você não possuir uma bateria acústica para estudar, pode usar um Pad de estudo, também conhecido como praticável, uma bateria praticável ou se puder investir um pouco mais, uma bateria eletrônica já seria o ideal.

Esses instrumentos são extremamente úteis, pois além de ter um rebote próximo ao de uma bateria normal, é ótimo para quem possui vizinhos que se incomodam facilmente com qualquer barulho, podendo estudar a hora que quiser.

Pad de estudo - PraticávelPad de estudo de perna - Praticável de pernaBateria praticável

• • •

Pergunte, dê sua opinião e comente sobre como você faz para se organizar na bateria ou qualquer outro instrumento musical, se é semanalmente ou diariamente e o que você costuma estudar.

CONTEÚDO VIP

COMPARTILHAR
Leonardo Telles
Proprietário do site Som Batera e baterista profissional, descobriu sua paixão pela música muito novo, aos 6 anos de idade. Hoje, toca com vários músicos e partilha conhecimentos por meio do Som Batera.

3 Comentários

  1. Ola gostaria de obter vídeos com exercicos de rudimentos, independecia, velocidade e técnicas…Aguardo resposta um abraço e ate mais

DEIXE UMA RESPOSTA