Alex Acuña tocando bateria
Fonte: Drummer World

Nascido em Pativilca, Peru, 100 quilômetros ao norte de Lima, Alex Acuña, nasceu em uma família musical que inspirou e ajudou a molda-lo como um músico. Seu pai e cinco irmãos eram todos músicos. Alex aprendeu sozinho a tocar bateria com quatro anos de idade. Quando Alex fez dez anos já estava tocando em bandas locais. Quando adolescente, mudou-se para Lima e se tornou um dos maiores bateristas do Peru, tocando em muitos projetos de gravação para os artistas, assim como produções de cinema e televisão.

Em Lima, Alex também ganhou uma reputação brilhante por suas performances ao vivo. Tanto assim, que com 18 anos de idade, Alex foi escolhido pelo líder da banda Great Latin, Perez Prado, para participar. Foi com a banda que o Prado que Alex fez sua primeira viagem aos Estados Unidos. Em 1967, Alex se mudou para Porto Rico para trabalhar como músico de estúdio e tocar no local. Durante este período, ele também estudou durante três anos em Porto Rico, em um Conservatório de Música, tocando como um percussionista clássico com a Orquestra Sinfônica sob a direção do famoso mestre violoncelista espanhol Pablo Casals.

Alex se mudou para Las Vegas em 1974, onde tocou com grandes nomes como Elvis Presley e Diana Ross. Entre 1975 e 1977, ele fez parte da história do jazz quando se tornou tanto baterista e percussionista de um dos grupos de jazz mais inovador e pioneiro do nosso tempo, Weather Report. Ele começou primeiramente como percussionista (outubro de 1975 a abril de 1976), e mais tarde como baterista (Abril de 1976 a outubro de 1977). Gravou dois discos com o grupo: “Mercado Negro” (1976) eo grande sucesso “Heavy Weather” (1977), que incluiu as faixas famosas “Birdland” e “Havona”. “Heavy Weather” se tornou o primeiro álbum de jazz fusion a vender um milhão de cópias.

Alex Acuña se mudou para Los Angeles, Califórnia, em 1978, onde rapidamente ganhou a posição de um baterista e percussionista valorizado para gravações de televisão e filmes. Seus créditos incluem inúmeros álbuns de artistas diversos, tais como U2, Paul McCartney, Joni Mitchell, Ella Fitzgerald, Whitney Houston, Sergio Mendes, revestimentos amarelos, Chic Corea, Julio Iglesias, Koinonia, Juan Gabriel, Luis Miguel, Placido Domingo, Wayne Shorter, Joe Zawinul e muitos mais. Alex também se apresentou ao vivo com Al Jarreau, Roberta Flack, Antonio Carlos Jobim, The Gipsy Kings, Paco de Lucia, Carlos Santana, Herbie Hancock, Christina Aguilera e Tito Puente, para citar alguns. Além disso, Alex já gravou trilhas para cinema sob a direção de Dave Grusin, Alan Silvestri, Legrand Michele, Bill Conti, Colombier Michele, Hamlish Marvin, Maurice Jarre, Mark Isham, Hans Zimmer, John Williams, Lalo Schiffrin e outros. Ele se tornou o destinatário de muitos prêmios e honrarias, incluindo o prêmio de MVP Emérito de NARAS (National Academy of Recording for the Arts and Sciences) e vencedor do prêmio “Best Latin / percussionista brasileiro” de leitores Modern Drummer’s Poll de cinco anos consecutivos.

Alex Acuña
Fonte: Drummer World

Alex Acuña, Sul-americano e as raízes do Caríbe, compreendedor da música contemporânea e clássica, faz dele um mestre, músico completo e qualificado. Em 2000, Alex Acuña y Su Acuarela De Tambores recebeu uma indicação ao Grammy de “Melhor Álbum Latino Tropical Tradicional”, para “Ritmos para um Novo Milênio”. Este álbum solo incluído variados estilos da América Latina, América do Sul e percussão Africano. A nomeação confirma que Alex tem um vasto conhecimento e experiência dos ritmos de percussão. Zan Stewart, do Los Angeles Times “, Alex Acuña é o epítome da música mundial percussionista, a quem nenhum estilo é um estranho”. Além disso, Alex já compôs músicas para vários artistas e produziu “Thinking of You”, de Alex Acuña e os desconhecidos, “Rumberos Poesia”, de Tolu e “Aliá” por Kay Silberling. Este ano também haverá o lançamento de Tolu de “Bongo de Van Gogh,” as incógnitas álbum seguinte, e vários projetos para NIDO Entertainment.

Alex é conhecido como um educador professor, médico, baterista e percussionista. Ele já gravou quatro vídeos instrucionais solo e oferece seminários em universidades como a UC Los Angeles, Berklee School of Music em Boston, e outras principais escolas internacionais de música. DW Drums, Zildjian Cymbals, Gon Bops Percussão, Gibraltar, Vic Firth, Evans e microfones Shure todos promotores de Alex. Ele também é creditado com o projeto de Zildjian’s “Azuka” linha de pratos, a assinatura baquetas Vic Firth, o Alex Acuña linha de assinatura de congas, bongôs, timbales, cajons, e os sinos de Gon Bops Percussão.

Inovação, energia e coração puro caracterizam o brincalhão Alex Acuña. É fácil ver por que Alex Acuña é um dos mais procurados músicos do nosso tempo. Alex reconhece a sua música como um dom do Senhor e dá toda a glória a Deus!

Biografia original em Drummer World


Drummer World
You Tube
Traduzido por: Leonardo Telles

CONTEÚDO VIP

COMPARTILHAR
Tudo sobre bateria. Várias dicas, exercícios, partituras e biografias para ajudar o seu aperfeiçoamento nesse instrumento musical.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA