Airto Moreira tocando bateria
Fonte da imagem: Drummer World

Airto Moreira nasceu em 1941 na pequena aldeia de Itaipolis, Brasil. Mesmo antes que ele pudesse andar ele começava a tremer e a bater no chão toda vez que o rádio tocava uma música quente. Isso preocupou a mãe, mas sua avó que reconheceu o seu potencial e o encorajou a se expressar. Na época ele tinha seis anos de idade e ganhou muitos concursos de música, cantando e tocando percussão. A cidade deu a ele seu próprio programa de rádio, todas as tardes de sábado. Aos treze anos ele se tornou um músico profissional, tocando percussão e cantando em uma banda de baile chamado Jazz Estrela.

Ele se mudou para São Paulo com 16 anos e tocou regularmente em casas noturnas como percussionista e baterista. Em 1965 ele se mudou para o Rio de Janeiro, onde mais tarde conheceu sua futura esposa, a cantora Flora Purim. Flora se mudou para Los Angeles em 1968, Airto a seguiu logo depois.

O casal logo se mudou para New York, onde Flora estava cantando com a cantora sul Africana Miriam Makeba e Airto começou a tocar com músicos como Reggie Workman, JJ Johnson, Cedar Walton e o baixista Walter Booker.

Foi através de Booker que Airto começou a tocar com grandes nomes como Cannonball Adderley, Lee Morgan, Paul Desmond e Joe Zawinul. E depois tocou e gravou com Carlos Santana, Gil Evans, Gato Barbieri, Michael Brecker, The Crusaders, Paul Simon, Chicago e muitos outros. Juntos, com Flora, eles gravaram os álbuns, Return to Forever e leve como uma pluma. Em 1974, Airto formou sua primeira banda, os EUA com Flora Purim.

Ao longo dos anos 70 e 80 Airto continuou sendo uma das musicos mais populares percussionistas. Sua coleção de instrumentos, aliado à sua habilidade para tirar o som certo no momento certo, fizeram dele a primeira escolha de muitos produtores e bandleaders. Seu trabalho com Quincy Jones, Herbie Hancock e Paul Simon, juntamente com suas contribuições ao som das trilhas do filme, incluindo O Exorcista, O Último Tango em Paris, Rei dos Ciganos e “Apocalypse Now”, representa apenas um pequeno número de contribuições musicais que Airto fez ao longo das últimas três décadas. Como educador,dando aulas pela Europa, América Latina, o Japão e os Estados Unidos, ensinando e dando oficinas para faculdades e escolas de música.

O amor de Airto com a música e as pessoas de seu país natal, Brasil, leva ele de volta todos os anos para visitar velhos amigos e familiares, bem como para prestar reverência a seus guias espirituais e idosos. Airto esteve envolvido no “espiritismo” desde novo e costumava ir a “sessões” com seu pai, José da Rosa Moreira, que era um curandeiro espiritual.

Seu interesse ao longo da vida na espiritualidade o levou para gravar o outro lado desta, uma exploração para o poder curativo da música. Seus vocais, percussão estilo único e os trabalhos de percussionistas de outras tradições da bateria tem atraído um público interessado em música do mundo e do movimento new age. Além disso, Airto vem promovendo a causa da música do mundo como membro do grupo de percussão Planet Drum, fundada por Mickey Hart, baterista do The Grateful Dead. Este grupo de músicos de todo o mundo, incluindo o mestre conguero Giovanni Hidalgo eo virtuoso tabla Zakir Hussein, assim como Flora Purim e Olatunji Babatunde, ganhou um Grammy em 1991 para a gravação da Planet Drum. Naquele mesmo ano, Airto contribuiu para um outro grupo Prêmio Grammy, Dizzy Gillespie’s United Nations Orchestra, que recebeu o prêmio de Melhor Álbum de Jazz ao vivo. Airto também compôs e executou sua massa espiritual brasileira para um período de dois especiais na televisão alemã, com a WDR Philharmonic Orchestra em Colônia.

Com um estilo único, Airto influenciou o rumo do jazz moderno ao redor do mundo. Seu impacto foi tão forte que a revista Downbeat acrescentou a categoria de percussão para os seus leitores e críticos sondagens de que ele já ganhou mais de vinte vezes desde 1973. Nos últimos anos ele foi considerado o percussionista número 1 pela Jazz Time, Modern Drummer e revistas Izz Jazz, bem como em muitos europeus, latino-americanos e publicações japonesas. Em 1995, Airto venceu a categoria Melhor Percussionista de enquete de leitores da revista Downbeat, pesquisa de leitores da Drum Magazine e Jazz Jazz Global da Estação Central de Pesquisa na Internet. Mais recentemente, Airto se realiza como uma estrela convidada da Boston Pops Philharmonic Orchestra, assim como na MTV Unplugged com os Smashing Pumpkins. A última banda de Airto é o Quarto Mundo com Flora Purim, José Neto, Gary Brown e Jovino Santos, que já gravou três álbuns.


Drummer World
You Tube
Traduzido por: Leonardo Telles

CONTEÚDO VIP

COMPARTILHAR
Tudo sobre bateria. Várias dicas, exercícios, partituras e biografias para ajudar o seu aperfeiçoamento nesse instrumento musical.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA